quarta-feira, 27 de agosto de 2014

A construção do número operatório



“A condição necessária para a construção do conhecimento matemático é, pois, a possibilidade do ser humano estabelecer relações lógicas sustentadas na sua ação transformadora sobre a realidade que interage.” (Ana Cristina S. Rangel pág. 102) 



Para que a criança comece a ter uma noção de quantidade é preciso que ela mexa, experimente e toque o mundo ao seu redor. Através dos seus sentidos e interação social ela vai fazendo descobertas e assimilando os símbolos e respectivas quantidades, trabalhando os setes esquemas mentais básicos para aprendizagem matemática: classificação, comparação, conservação, correspondência, inclusão, sequenciação e seriação (ou ordenação).
Segundo Piaget, os conhecimentos necessários para se construir o conceito de números, são os seguintes: conhecimento físico, conhecimento lógico- matemático e conhecimento social. Ele propôs que o desenvolvimento cognitivo se processa em quatro estágios: 
Sensório- motor ( 0 – 2 anos): puramente intuitivo, a criança só percebe os fatos através dos sentidos, à medida que ela manipula os objetos.
Pré-operacional( 2- 6 anos): é capaz de usar símbolos mentais para objetos simbólicos, permitindo a ela fazer classificações. Observa semelhanças e diferenças de objetos e é capaz classificar, separar ou agrupar.
Posteriormente as fases de Operações concretas ( 7- 11 anos); e de operações formais( 12 anos em diante). 

  • Exemplos de atividades para auxiliar a criança na construção do número operatório:  

1- Confeccionar um colar de bolinhas coloridas, obedecendo a alguns princípios como: tamanho das bolinhas, as cores que vão sendo colocadas, etc..

2- Trabalhar com jogos como o bingo e o dominó.

3- Qual o meu lugar – seriação – coletiva: Pedir que as crianças se organizem considerando o tamanho dos cabelos, e uma fileira começando pela que tem os cabelos mais curtos até a que tem o mais comprido. Um espelho pode ajudar outras formas de seriação corporal: altura, tonalidade do cabelo.



4- Jogo-matemático da "Centopéia". O jogo consiste em um saquinho com vários de círculos de cartolina nas cores azuis, amarelas e vermelhas, e de um tabuleiro com o desenho da centopéia. No tabuleiro está o desenho da centopéia com alguns círculos do corpo colorido, a criança retira do saco um círculo (é importante que não veja qual a cor escolhida), se fizer parte da seqüência ela completa o corpo, se for uma outra cor que não a da ordem dada, coloca o círculo de volta e espera a sua próxima jogada. Neste jogo a criança estabeleceu uma seqüência de cores que deve ser seguida.
 


 Com atividades lúdicas e jogos a criança assimila mais rápido e cria estratégias, ajudando assim em seu pensamento lógico perante a operações matemáticas, nunca se esquecendo que devemos partir sempre do concreto, ou seja, trabalhando com os números naturais nos baseando sempre nas quantidades.

Fontes: http://matematica5pedagogia.blogspot.com.br
                 http://meuartigo.brasilescola.com 
           http://falandodaeducacao.blogspot.com.br
                  http://meuartigo.brasilescola.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário